Grupo SIA registra queda de 98,6% no número de passageiros em julho

Singapore transportou apenas 27.600 viajantes no mês passado

O Grupo Singapore Airlines continua a sentir o impacto severo causado pela pandemia do COVID-19. A empresa divulgou números mostrando que três de suas operadoras continuando a ver quedas acentuadas no tráfego de passageiros em julho, devido aos controles de fronteira e restrições de viagens permanecendo em vigor. O transporte de passageiros caiu 98,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, enquanto a capacidade foi reduzida em 94,3%. A taxa de ocupação atingiu apenas 21,6%, uma queda de 64,2% em relação a julho de 2019. A Singapore Airlines também relatou recentemente ter registrado um prejuízo líquido de US$ 1,12 bilhão no primeiro trimestre do ano, depois de cortar drasticamente a capacidade devido a restrições de viagens. No mesmo trimestre do ano anterior, a empresa havia obtido um lucro de US$ 111 milhões. A Singapore transportou apenas 27.600 viajantes no mês passado, em comparação com 1.912.000 passageiros em julho de 2019.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn