Himalaya Airlines concluiu seu primeiro voo de teste em alta altitude hoje (19/01). O voo foi operado de Kathmandu a Lhasa pelo Airbus A319 da companhia aérea e realizou três abordagens diferentes.

Também marcou a primeira vez que uma transportadora estrangeira pousou no Aeroporto Internacional Lhasa Gonggar.

O avião saiu do Aeroporto Internacional Kathmandu Tribhuvan, no Nepal, às 7h17, e pousou no Aeroporto Internacional Lhasa Gonggar, no Tibete, às 10h46, horário local. Com uma diferença de fuso de duas horas, isso equivale a um tempo de vôo de pouco menos de uma hora e meia.

Mas o horário não foi a única coisa que mudou: Kathmandu está localizada a 1.338 metros (4.390 pés) acima do nível do mar, enquanto a capital do Tibete fica a 3.570 metros (11.712 pés). O voo de retorno saiu de Lhasa às 15h00 do mesmo dia e pousou de volta em Katmandu às 14h00.A companhia aérea afirmou que o voo de teste estava de acordo com seus planos de iniciar os serviços regulares para Lhasa para a temporada de verão.

.“A decolagem do voo de teste de hoje reforçou o compromisso com nossos princípios orientadores de segurança, espírito de equipe e espírito vencedor”, disse Zhou Enyong, presidente da Himalaya Airlines”. O Sr. Enyong também parabenizou a equipe por operar com sucesso o voo de validação e agradeceu às autoridades da aviação civil de ambos os lados por tornar possível a realização da missão.

Foto: Divulgação