Índice de atraso em 2013 foi o menor em dez anos

Apenas 7,89% dos voos atrasaram mais de 30 minutos, segundo estudo da Anac

Concessão de grandes aeroportos; direito a informação e assistência material aos passageiros em atrasos e cancelamentos de voos; divulgação dos percentuais de atraso durante a venda de bilhetes; e novas regras para alocação de slots em aeroportos coordenados. Esses são os principais motivos, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil, para o Brasil bater em 2013, o recorde de pontualidade de voos nos últimos dez anos. O estudo destaca que o percentual de atrasos superiores a 30 minutos atingiu o seu menor nível desde 2004, tendo sido de 7,89% do total de voos. Isso representa uma redução de 28,9% em relação a 2004, quando o índice foi de 11,09%. Ainda em relação aos voos realizados no ano passado, o mês de outubro foi o que registrou os menores percentuais de atrasos: 4,3% de atrasos superiores a 30 minutos. Já o mês de dezembro, o preferido para as viagens de férias, teve os maiores percentuais de atrasos: 13,9% de atrasos superiores a 30 minutos. Mais informações no portal www.aviacaocivil.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn