Infraero e Sina ampliam acordo coletivo para empregados de aeroportos concedidos

Medida faz parte do processo de concessão à iniciativa privada

A Infraero e o Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina) assinaram um acordo coletivo especial para estender aos empregados dos aeroportos de Confins e do Rio de Janeiro/Galeão as mesmas garantias trabalhistas para transferência e aposentadoria. A medida faz parte do processo de concessão dos dois aeroportos à iniciativa privada. O acordo foi confirmado pelas secretarias Geral e de Aviação Civil da Presidência da República. O acordo retroage a dezembro de 2013 e envolve os empregados que até essa data estavam lotados nos aeroportos de Confins e do Galeão, além de estender os mesmos direitos e vantagens aplicados aos empregados que estavam lotados nos aeroportos de Guarulhos, Campinas, Brasília e Natal em dezembro de 2011. Também foram estendidos benefícios que não faziam parte do acordo firmado em dezembro de 2011, mas que já integravam o Programa de Demissão Incentivada de Transferência e Aposentadoria (PDITA), como a meta de inscrição de empregados, que passou de 2,9 mil para 4,2 mil; além de ampliar a suspensão do contrato de trabalho para trabalhar na concessionária, que será de 18 meses, podendo ser prorrogado por igual período. Para mais informações, acesse o portal www.infraero.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn