GE Aviation

Programa terá duração de dois anos de ensaios em terra e em voo exigidos para a obtenção da certificação

A fabricante GE Aviation iniciou os testes definitivos do motor GE9X que deve motorizar o jato Boeing 777-9, inaugurando um programa de dois anos de ensaios em terra e em voo exigidos para a obtenção da certificação. O primeiro motor já tem um histórico de cinco anos de avaliações de sistemas e seu desempenho em ‘rigs’ (equipamentos que simulam as operações quando instalados na aeronave) no que é o maior turbofan já fabricado até o presente com o duto de admissão de maior diâmetro e relações de derivação e pressão do compressor maiores que os grandes motores fabricados pela própria empresa. O empuxo do GE9X será de 100.000 libras e a economia de combustível prometida será de 10% em relação ao motor GE90 ainda mais potente dos modelos 777-300ER e 777-F cargueiro. Os ensaios de voo do GE9X devem começar no próximo ano e sua certificação está prevista para 2018.