Integrantes do Grupo Lufthansa não cobrarão taxa de remarcação de voos

Medida visa agilizar e tornar mais prático o processo de troca de passagens aéreas

A fim de oferecer mais praticidade e flexibilidade a seus passageiros durante o período de pandemia, as companhias aéreas integrantes do Grupo Lufthansa terão suas estruturas tarifárias alteradas até o final de dezembro. A mudança tem como principal finalidade tornar o processo de remarcação de bilhetes ainda mais prático e ágil para os viajantes. Com a alteração, que tem caráter imediato, todas as novas reservas com quaisquer tarifas e para quaisquer destinos, poderão ser remarcadas quantas vezes forem necessárias sem a cobrança da taxa de remarcação. Custos adicionais podem surgir caso haja alteração do destino ou em casos em que a classe de reservas original já não esteja mais disponível na nova data desejada. Atualmente, o grupo oferece oito frequências semanais partindo do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, sendo cinco com a Lufthansa e três com Swiss, com destino à Frankfurt e Zurique, respectivamente. Foto: Renato Oliveira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn