Jato Embraer E195 E2 voa antes do previsto

Nova versão terá uma economia de até 24% de consumo e 20% nos custos de manutenção por assento quando comparado ao E195 atual

Dez meses após o primeiro voo do E190-E2, a fabricante Embraer realizou o voo inaugural de mais uma aeronave da segunda geração da família de E-Jets antes da previsão inicial. Decolou pela primeira vez o jato E195-E2, maior integrante da família e também o mais eficiente avião comercial do mundo para rotas domésticas. O voo, originalmente programado para o segundo semestre deste ano, ocorreu apenas três semanas após a cerimônia de apresentação da aeronave. Com custo por viagem 20% menor e custo por assento similar ao de aviões maiores, o E195-E2 é o avião ideal tanto para o crescimento de empresas regionais quanto para a complementação de frota de empresas de baixo custo e linhas principais (mainline). O avião terá uma economia de até 24% de consumo e 20% nos custos de manutenção por assento quando comparado ao E195 atual. O modelo decolou das instalações da Embraer em São José dos Campos e voou durante duas horas, marcando assim o início da campanha de certificação da aeronave. A empresa utilizará dois aviões no processo, com o primeiro protótipo sendo utilizado nos ensaios de aerodinâmica e desempenho, enquanto o segundo avião, que também deve realizar o voo inaugural até o fim deste ano, será empregado na validação de tarefas de manutenção e de interior. A entrada em serviço comercial está planejada para 2019, com a companhia aérea Azul. O E195-E2 tem três fileiras adicionais de assentos em comparação com o E195 atual, podendo ser configurado com 120 lugares em duas classes de serviço, ou até 146 assentos em classe única. A aeronave também tem aumento significativo de alcance com relação ao modelo atual, de mais de 800 quilômetros adicionais (450 milhas náuticas), o que possibilitará viagens de até 4.500 quilômetros (2.450 milhas náuticas) de distância.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn