Jerome Cadier: “o setor aéreo nunca mais será o mesmo”

 

Segundo o CEO da Latam Brasil, Jerome Cadier, a operadora aérea não será maior nem igual depois que a crise provocada pela pandemia Covid-19 passar. Essas e outras considerações surgiram durante a 5ª edição da Aberje Trends – Communication Trends, organizada pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje).

Durante o dia virtual, Cadier descreveu como a empresa enfrentou a pandemia. “O que foi exacerbado nessa crise é o complexo cenário que muda a todo momento exigindo que estejamos constantemente conectados, fazendo com que todos se sintam mais esgotados,” enfatizou.

O executivo ressaltou a importância de entender a mudança de comportamento para as reuniões de trabalho. Antes da pandemia, por exemplo, cerca de 30% dois passageiros viajavam a trabalho e os outros 70% a turismo, números que podem demorar a regressar a este patamar.

“O viajante corporativo vai se recompor muito mais devagar, pois ficará muito mais sensível aos preços futuros. Portanto, as companhias aéreas precisam se preparar para serem mais eficientes, para que a decisão de fazer uma viagem de lazer seja mais barata. O setor aéreo vai mudar radicalmente”, frisou.

“A crise deu uma acelerada nisso, porque todos se preocuparam profundamente, com a sustentabilidade do ponto de vista da saúde, do ponto de vista do meio-ambiente, visto que as empresas contribuem para o desenvolvimento da sociedade”.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn