JetSMART chilena é aprovada para operações no país

No último dia 27 de agosto, a subsidiária argentina da companhia também recebeu autorização da ANAC para operações no Brasil

A Agência Nacional de Aviação Civil aprovou a entrada de mais uma empresa ultra low cost no país. A subsidiária chilena da companhia aérea JetSmart, de propriedade do fundo norte-americano Índigo Partners, pretende iniciar a operação de rotas internacionais para o Brasil. Além dela, outras quatro empresas de baixo custo vieram para o país desde a abertura de mercado com a desregulação da franquia de bagagem despachada, sendo que três transportadoras estrangeiras já ofertam passagens: a chilena Sky Airlines (partindo de Santiago para o Rio de Janeiro/RJ e para Guarulhos/SP desde novembro/2018); a europeia Norwegian (com a rota entre Londres e Rio de Janeiro desde maio de 2019); e a argentina Flybondi (ofertando voos da Argentina para o Tom Jobim e para Florianópolis com início a partir de outubro de 2019). No último dia 27 de agosto, a subsidiária argentina da operadora JetSMART também recebeu autorização da ANAC para voar ao Brasil.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn