JetSMART projeta estabelecer uma nova subsidiária no Peru

Objetivo é aproveitar as janelas e características que o país apresenta devido à quantidade de população, tráfego turístico e importância do avião como meio de transporte por sua geografia

Paralelamente à sua entrada no mercado doméstico no Brasil, a companhia aérea JetSMART também está comprometida em estabelecer uma subsidiária no Peru a curto prazo. A intenção é atuar como uma operadora local que permita obter direitos de tráfego como transportadora peruana, além de aproveitar as janelas e características que o país apresenta devido à quantidade de população, tráfego turístico e importância do avião como meio de transporte por sua geografia. A JetSMART possui um caminho avançado para oferecer boa conectividade com o Peru. A empresa já possui cinco rotas internacionais que conectam o país ao Chile, operações que espera retomar à medida que as restrições forem levantadas. De Santiago, opera para Arequipa, Lima e Trujillo, enquanto de Antofagasta e Concepción é oferecida conectividade inter-regional com Lima. Com três destinos atendidos, um afiliado doméstico pode fornecer sinergias especialmente para os passageiros, aumentando as possibilidades de conexão com uma oferta de baixo custo. No curto prazo, também busca atender o Peru da Argentina com a solicitação de licenças para operar entre Buenos Aires e Lima. A eventual chegada no Peru pode atrasar o projeto brasileiro. No entanto, uma expansão paralela não é descartada, dependendo da evolução de cada um dos mercados, considerando que eles não se sobrepõem. Com o Brasil e o Peru, a JetSMART tem capacidade para atender grande parte da América do Sul nos próximos anos, pois o planejamento prevê ter uma frota de 100 aeronaves distribuídas na região. Mais informações no portal www.aero-naves.com.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn