KLM ajusta programação de voos para o inverno europeu

Malha das operações será muito mais restrita do que no mesmo período do ano passado

A companhia aérea KLM anunciou que devido aos avisos de viagem ajustados para o Reino Unido, Espanha, partes da França e outros países, o aumento de escala planejado da rede europeia em setembro foi suspenso. As regras de quarentena no Reino Unido tiveram um impacto particularmente acentuado na malha da empresa. Durante o período subsequente, a KLM manterá um controle rigoroso da situação em desenvolvimento no que diz respeito a avisos de viagem emitidos pelas autoridades na Holanda e em outros lugares. Em razão da pandemia do COVID-19, a programação do inverno europeu da transportadora será muito mais restrita do que no mesmo período do ano passado. O calendário da rede europeia em novembro planeja cerca de 55% da capacidade oferecida no mesmo período de 2019. A KLM estava expandindo de forma gradual sua rede europeia e intercontinental, depois que a crise de saúde provocou severas restrições de destinos e frequências. Em agosto último, atendeu quase 100% de sua rede europeia em termos de destinos, com capacidade de aproximadamente 60% em relação aos níveis pré-COVID-19. Nas operações internacionais, atendeu 80% de seus destinos com 60% da capacidade. Atualmente, um terço desses voos intercontinentais transportam apenas carga. Isso significa que a capacidade de assentos está muito baixa. A KLM transportará passageiros nessas operações novamente assim que os regulamentos locais de viagens permitirem.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn