KLM apresentou nova solução para transportar carga na cabine

Como muitas companhias aéreas, a KLM começou a operar voos com a CIC (Cargo In Cabin) para transportar suprimentos médicos.

Esses voos (mais de 150 até agora) foram operados com os três 747 Combi da companhia aérea, mas foram retirados da frota no ano passado. Atualmente a aeronave escolhida para esses traslados é o Boeing 777.

Eles também são usados ​​para voos comerciais tradicionais de passageiros, por isso é fundamental cuidar dos assentos e dos sistemas de entretenimento.

Em colaboração com a equipe de projeto da KLM Cargo in Cabin, a Trip & Co ajustou o CSB (Custom Cargo Seat Bag) e adaptou-o às necessidades específicas da KLM. O produto permite uma operação "Just-in-time" e foi inspecionado pela Autoridade de Aviação Civil Holandesa (IL&T) para aprovação e autorização nos termos do art. 71 (1) do Regulamento (UE) 2018/1139 (EASA).

A companhia aérea holandesa recebeu o primeiro lote de 172 Sacos Cargo Seat (versões assento único, assento duplo e triplo) no dia 8 de abril e fez seu primeiro voo operacional no dia 13 de abril, transportando cerca de 950 caixas (10 toneladas) de itens de medicamentos de emergência e teste kits (covid-19).

O material foi levado de Xangai para Amsterdã no Boeing 777-300ER PH-BVG.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn