KLM está reconstruindo gradativamente sua malha de voos

Em julho, a empresa deverá realizar cerca de 5.000 operações na Europa e para agosto, a previsão é de aproximadamente 11.000 voos

A companhia aérea KLM anunciou que está gradualmente reiniciando sua rede de voos. Em julho, a empresa deverá realizar cerca de 5.000 operações na Europa e para agosto, a previsão é de aproximadamente 11.000 voos. Os números intercontinentais atingirão cerca de 1.900 em julho e 2.100 no mês seguinte. No momento, metade dos voos intercontinentais são realizados apenas para transportar de carga. A KLM espera que se as restrições mundiais de viagens forem flexíveis, um número crescente de operações internacionais poderá levar passageiros novamente a partir de julho. Os números mostram um crescimento considerável em relação a abril deste ano, quando as atividades de voo da companhia ficaram praticamente paralisadas como resultado da crise do COVID-19. A KLM operou apenas 1.116 voos na Europa e 612 trechos intercontinentais no período. A recuperação começou com cautela, mas o nível de 2019 está longe de ser alcançado. Nos meses de julho e agosto do ano passado, a KLM realizou um total de 22.000 voos. Em julho serão oferecidos cerca de 80% do número normal de destinos europeus e cerca de 75% dos destinos intercontinentais. Em agosto, serão cerca de 95% e 80%, respectivamente. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn