LATAM Airlines anuncia o encerramento das atividades na unidade da Argentina

Fechamento ocorre por não ser possível visualizar um projeto viável e sustentável a longo prazo

O Grupo LATAM Airlines informa que a subsidiária sediada na Argentina teve suas operações encerradas, tanto de passageiros quanto de cargas, por período indeterminado. O fechamento ocorre devido as condições atuais, agravadas pelos impactos da pandemia do COVID-19 e pela dificuldade de construir acordos estruturais com os atores da indústria local, não sendo possível visualizar um projeto viável e sustentável a longo prazo. A unidade deixará de voar para 12 destinos domésticos, enquanto os quatro destinos internacionais para os Estados Unidos, Brasil, Chile e Peru continuarão sendo operados pelas outras subsidiárias do grupo, assim que as restrições impostas pelas autoridades locais em função da pandemia sejam encerradas. Da mesma forma, as rotas internacionais de cargas da unidade argentina serão atendidas pelas demais subsidiárias do Grupo LATAM. Durante 15 anos, a subsidiária trabalhou no desenvolvimento e conectividade da Argentina, transportando 3,1 milhões de passageiros no ano passado e uma média semanal de 270 toneladas de produtos de exportação no negócio de cargas. Além disso, assumiu um compromisso durante a pandemia, sendo o repatriamento de passageiros sua única operação ativa desde 19 de março, que contribuiu para o retorno de 16.015 argentinos ao país, bem como a saída de mais de 6.000 estrangeiros para seus destinos de origem. Foto: Arthur Gulmini

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn