Latam Airlines fecha 2020 com prejuízo de US$ 4,5 bilhões

 

O Grupo Latam Airlines divulgou os resultados do quarto trimestre de 2020: um prejuízo líquido de US$ 962,5 milhões e um prejuízo operacional de US$ 501,8 milhões. Com estes resultados, o grupo totalizou um prejuízo líquido de US$ 4,5 bilhões no ano de 2020, além de um prejuízo operacional de US$ 1,6 bilhão. No acumulado do ano, as receitas da companhia alcançaram US$ 4,3 bilhões, o que representa uma queda de 58,4% na comparação com o faturamento de 2019, refletindo o tamanho do impacto da pandemia de Covid-19 no caixa da empresa.

Somente quarto trimestre, a receita foi de US$ 897,5 milhões, uma redução de 68,7% em relação ao mesmo período de 2019. Essa redução foi impulsionada por uma redução de 81,6% nas receitas de passageiros, resultante de uma redução de 67,1% na capacidade medida em assento por quilômetro oferecido (ASK).

A queda nas receitas de passageiros, no entanto foi parcialmente compensada por um aumento de 26,7% nas receitas de carga, uma vez que as operações de cargueiros aumentaram 21%, respondendo à forte demanda por serviços de carga durante a pandemia.

“O ano de 2020 foi o mais desafiador da história para o setor aéreo e para a Latam. Apesar da crise de Covid-19 ter provocado efeitos profundos sobre o grupo e as suas operações, esse contexto nos permitiu tomar decisões de reestruturação. Não temos dúvidas de que quando a crise passar, a Latam passará a operar como um grupo fortalecido”, afirma Roberto Alvo, CEO do Grupo Latam Airlines.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn