LATAM

Inovações como cadeiras de rodas especiais de embarque e plataformas elevatórias mantiveram alto nível do serviço

Após 50 dias de atenções concentradas nos aeroportos do Rio de Janeiro, a companhia aérea LATAM Airlines Brasil concluiu com sucesso a sua operação especial para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Para demonstrar o orgulho de ter apoiado o evento, a operadora adesivou um jato Airbus A319 com a frase “O Brasil realizou um sonho! Orgulho de apoiar os Jogos Rio 2016”. De 1º de agosto a 19 de setembro, a empresa somou quase 900 mil embarques e desembarques no Rio de Janeiro e quase 750 mil bagagens movimentadas nos dois aeroportos da cidade. Com soluções como o check-in remoto antecipado na Vila dos Atletas, a empresa agilizou o embarque de delegações olímpicas e paralímpicas de nações como Armênia, Austrália, Barbados, Brasil, Estados Unidos, Índia, Jamaica, México, Ruanda, St. Kitts & Nevis, Tailândia, Turquia e Uzbequistão. A LATAM repetiu na operação paralímpica, que representou o maior desafio dos Jogos com a sua demanda expressiva de passageiros com deficiência, o mesmo sucesso da primeira fase do evento, quando a empresa também não havia registrado contingências operacionais no Santos Dumont ou no Galeão. Um dos principais legados são as cadeiras de roda desenvolvidas junto a um fabricante nacional, que serão distribuídas pelos 42 aeroportos com operação aérea regular da empresa no Brasil. Foto: Benito Latorre