LATAM manterá redução de 95% em suas operações de passageiros em maio

Alterações de itinerários para o período serão processadas a partir da próxima semana e os viajantes serão comunicados oportunamente

Devido às restrições de viagens e a histórica queda na demanda em razão da pandemia, o Grupo LATAM Airlines anunciou que irá manter a redução de suas operações de passageiros em 95% durante o próximo mês de maio. Com relação às rotas domésticas, a empresa informa que no Brasil e no Chile as operações continuarão reduzidas durante o período, com o objetivo de manter uma conectividade mínima nesses países. Na medida em que as permissões de operação existam e que se justifique a demanda, o grupo e suas subsidiárias avaliarão o reinício de voos nos países onde estão presentes. Nas rotas internacionais, a empresa espera operar seis frequências semanais entre Santiago e Miami e três frequências entre São Paulo e Miami. As alterações de itinerários para maio serão processadas a partir da próxima semana e os viajantes serão comunicados oportunamente. A LATAM Cargo reforçou sua capacidade de apoiar exportações e importações, o abastecimento e o transporte de bens essenciais. Da mesma forma, aumentou sua capacidade em 40% entre a América do Sul e a Europa e em 15% da América do Sul para Miami. Também lançou novas rotas de carga de Santiago para a Cidade do México e Los Angeles e está utilizando aviões de passageiros para operar dezenas de voos exclusivamente de cargas pelas Américas, e brevemente para a China para transportar insumos médicos para a América do Sul. O grupo e suas subsidiárias irão manter voos humanitários internacionais e fretamentos, dependendo das necessidades, das restrições legais e sujeitos à avaliação. Desde o início da crise, A LATAM já transportou mais de 100.000 passageiros de volta para suas casas e 66 toneladas de carga humanitária. Foto: Bruno S. Orofino

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn