LATAM repatriou mais de 16 mil passageiros em voos especiais

Grupo já operou 115 voos especiais, transportando também viajantes de outras companhias

O Grupo LATAM Airlines e suas subsidiárias operaram até o último dia 30 de março, um total de 115 voos especiais dentro de seu programa de repatriação, possibilitando o retorno de 16.385 pessoas para suas casas. A operação, que conta com o apoio das autoridades, permite trazer viajantes que não conseguiram concluir seu itinerário devido ao fechamento de fronteiras e outras restrições em diversos países causados pela crise do COVID-19. Nos próximos dias, a empresa já tem programados outros voos especiais, que permitirão o retorno dos passageiros à América Latina partindo de diferentes partes do mundo. A companhia já repatriou passageiros brasileiros que estavam em Cusco, Lima, Londres, Jamaica, Portugal, Punta Cana, Israel e Santiago. A transportadora reforça ainda que todos os viajantes com voos cancelados não precisam tomar nenhuma ação imediata até serem contatados pela empresa. O valor do bilhete será automaticamente mantido como crédito para futuras viagens ou para remarcar a data sem nenhum custo quando desejarem. As regras para alterações e outras informações estão disponíveis em https://www.latam.com/pt_br/experiencia/coronavirus/. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn