LATAM terminará de renovar sua frota nos próximos 10 anos

 

A fim de cumprir os compromissos que se impõem em sua estratégia de sustentabilidade para os próximos 30 anos, o Grupo LATAM Airlines indica que continuará incorporando aeronaves mais modernas e eficientes, a fim de ter operações aéreas mais sustentáveis. Para o efeito, a estratégia prevê terminar com a renovação da frota atual de curto e longo alcance e, posteriormente, continuar a explorar a incorporação de novas tecnologias. Paralelamente, a empresa também está se abrindo para o uso de combustíveis sustentáveis ​​para aviação (SAF).

A crise do COVID-19, além das severas restrições impostas pelos governos geram uma queda drástica da demanda em níveis que a aviação nunca conheceu em sua história. Como consequência, muitas companhias aéreas no mundo são obrigadas a reestruturar sua capacidade, o que inclui a saída de aeronaves e o atraso na entrega de novos equipamentos.

No caso da LATAM, em particular, o anterior se manifesta na postergação das entregas e da saída de aeronaves, incluindo equipamentos novos e mais eficientes. Assim, nos anos mais imediatos, a maior aérea latino-americana continuará operando, principalmente, uma frota dos últimos 15 anos, o que gera desafios importantes, porque pela sua tecnologia, os aviões mais novos são fundamentais para passar a operações mais adequadas ao meio ambiente.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn