Lufthansa continua reestruturando a frota de widebody

A Lufthansa anunciou que a primeira rota comercial a ser atendida pelo novo Boeing 787-9 será Frankfurt-Toronto/Pearson a partir do próximo inverno. A empresa passou por uma profunda reestruturação de sua frota de longo curso em meio aos desafios derivados da crise do COVID-19 e está pronta para começar a operar o Dreamliner no primeiro semestre de 2022. Embora houvesse relatos do Boeing 747-400 retornando para a rota, a programação do quarto trimestre de 2021 mostrou que a Lufthansa mudará do Airbus A350-900 para o 787-9 na linha entre a Alemanha e o Canadá.

Todos os Airbus A340-300/600 foram retirados das operações comerciais e a quantidade total de aeronaves quadrimotoras representa agora apenas 15%  da frota de longa distância. Alguns A340-300 realizam apenas voos pontuais transportando carga, e um deles esteve recentemente em São Paulo. Todos os Boeing 747-8i e uma parte dos 747-400s continuarão operando para destinos como Buenos Aires, onde a demanda e a distância exigem aeronaves maiores.

Já o futuro do A380 parece mesmo ter chegado ao fim. O último avião do tipo que estava em Frankfurt (D-AIMH) foi transladado ontem para Teruel na Espanha, onde ficará estocado com os outros 13 Airbus A380.

 
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn