MAP suspende temporariamente todas as operações regulares

Companhia manterá apenas um contrato de fretamento operado no Norte do Brasil

A companhia aérea regional MAP vem acompanhando de perto os desdobramentos causados pela pandemia de COVID-19 no mundo e também medindo o impacto que vem sendo causado nas suas operações aéreas com uma queda acentuada na demanda pelo transporte aéreo. Dessa forma, a empresa tomou a decisão de suspender temporariamente todas as operações regulares, envolvendo não apenas as rotas na Região Norte como também aquelas cidades operadas no Sudeste pelo Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. A suspensão está prevista até o próximo dia 22 de março e a transportadora está negociando com os sindicatos a respeito da forma como irá reduzir a sua força de trabalho, a fim de evitar qualquer processo de demissão de colaboradores nesse momento difícil que passa nosso país. A MAP também iniciará um programa de trabalho home-office para todos os funcionários que possam manter seu posto nessa condição. As atividades da empresa serão mantidas em seu mínimo durante o período de suspensão e estarão em funcionamento apenas as operações de um contrato de fretamento operado no Norte do Brasil. Para todos os passageiros que tiveram seus voos cancelados, a MAP informa que está flexibilizando ao máximo todas as regras tarifárias, facultado a remarcação para qualquer data futura ou mesmo postergando o crédito para uso em viagens futuras. Esses passageiros serão contatados pela empresa, não sendo necessário nesse momento qualquer iniciativa de contato com a companhia. Foto: Gabriel Gimenez

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn