Infraero

Principais itens são materiais radioativos, produtos de pesca, equipamentos e produtos perecíveis utilizados para pesquisa científica

A Infraero anunciou que o terminal de logística de carga do Aeroporto de Teresina/Senador Petrônio Portella/PI registrou no primeiro trimestre deste ano 27,5 toneladas movimentadas, um crescimento de 24,3% em relação ao mesmo período de 2016, quando foram contabilizadas 22,12 toneladas. Toda a movimentação de cargas nos dois períodos foi no setor de importação. Os principais itens manuseados no Teca piauiense são materiais radioativos para tratamento radioterapêutico, produtos de pesca, equipamentos e produtos perecíveis utilizados para pesquisa científica, materiais de insumo (reposição) de uma fábrica de latas de alumínio e equipamentos de impressão gráfica. O Teca do Aeroporto de Teresina tem 800 m² de área, sendo 470 m² para importação e exportação, 50 m² para área administrativa e 250 m² destinados a artigos perigosos e manuseio das cargas. Em sua estrutura estão disponíveis diversos equipamentos para armazenagem e capatazia (movimentação) dos volumes, como empilhadeiras, plataforma hidráulica para carga e descarga, paleteiras, balanças e equipamentos de raios x.