MRO da Ethiopian revisa o primeiro motor GEnx de Boeing 787 na África

Capacidade permitirá a manutenção da frota própria e também de outras transportadoras que utilizam o modelo norte-americano movido pelo motor da General Electric

A Ethiopian Maintenance & Engineering Services, o maior e mais antigo centro de manutenção de aeronaves na África, se tornou o primeiro no país com capacidade para reparar o motor GEnx, que impulsiona o jato Boeing 787 Dreamliner. Essa capacidade recém-desenvolvida permitirá a revisão dos motores da frota própria e também de outras transportadoras que utilizam o modelo norte-americano movido pelo motor da General Electric. Os serviços do centro executam manutenção de fuselagem, motores e componentes sob a aprovação da Autoridade de Aviação Civil da Etiópia. Suas instalações de manutenção de base têm a aprovação da FAA PART 145 Repair Station desde 1968 e estão atualmente aprovadas para a revisão dos modelos  Boeing 737NG, 757, 767, 777, 787, Bombardier Q400 e Airbus A350. O MRO também possui aprovação EASA PART 145 para manutenção de linha e base em Addis Ababa. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn