Norwegian Air registra queda de 61% na movimentação de passageiros em março

Número total de viajantes atendidos no período chegou a 1.153.283

O surto global de COVID-19 que ocorreu no setor de aviação ao longo do último mês de março influenciou fortemente os números de tráfego da companhia aérea Norwegian Air. A empresa sofreu uma queda drástica na demanda após restrições impostas pelo governo e um declínio geral nas viagens e respondeu imediatamente a essa mudança, adaptando seu horário de voo várias vezes durante o período. A primeira etapa foi cortar aproximadamente 15% da capacidade, que foi reavaliada e ajustada para até 85% da oferta planejada a partir do dia 16, com a maioria dos cancelamentos em 25 de março. A oferta foi 40% menor que o planejado enquanto o os voos operados tiveram uma taxa de ocupação de 72%, uma queda de 13,8 pontos percentuais em relação ao mesmo mês do ano anterior. O número total de viajantes atendidos em março chegou a 1.153.283, uma redução de 61%. No período, a Norwegian Air realizou 77% dos voos programados e várias operações de repatriamento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn