Para facilitar o reinicio seguro das viagens internacionais e restaurar a contribuição das viagens e do turismo para a economia mundial, as alianças globais de companhias aéreas, oneworld, SkyTeam e Star Alliance estão convocando os governos do G7 (grupo dos sete países mais ricos do mundo) para que, em sua cúpula de líderes que ocorrerá entre os dias 11 e 13 de junho, cheguem a um acordo sobre um conjunto comum de padrões de viagens e saúde, para permitir a reabertura segura das fronteiras.

A Covid-19 causou um impacto significativo no setor de viagens e turismo, que há bastante tempo é um contribuinte importante para muitas economias. Uma estimativa recente da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostrou que o turismo internacional diminuiu cerca de 80% em 2020.

Antes da pandemia, o segmento contribuía com cerca de 4% para o PIB de um país médio da OCDE, e o Conselho Mundial de Viagens e Turismo estima que até 174 milhões de empregos dessa indústria estão em risco em todo o mundo.

Foto: Delta Air Lines/Divulgação