Operação especial da TAP permite o repatriamento de 3.500 passageiros

Companhia realizou 12 voos extraordinários para África para trazer viajantes e transportar carga médica e humanitária

Ao longo da última semana, a companhia aérea TAP Portugal desenvolveu uma operação especial na África para permitir o regresso de cerca de 3.500 viajantes para o país, bem como o transporte de carga médica e humanitária, com a realização de 12 voos extraordinários para Angola, São Tomé, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Moçambique. A transportadora conseguiu viabilizar em tempo recorde as ações, garantindo todas as condições de segurança para a realização destes voos em condições adversas, em razão das limitações e restrições impostas pelos vários países. A empresa também informa que a central de atendimento está recebendo um elevado número de chamadas e lamenta a inconveniência que esta situação possa causar aos seus passageiros.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn