Programa LATAM fidelidade implementa nova categoria

Gold Plus dá aos clientes acesso a cupons de upgrade de cabine, check in e embarques antecipados, adiantamento e postergação de voos gratuitos em viagens marcadas para o mesmo dia

O programa LATAM Fidelidade está implementando a sua mais nova categoria elite, o Gold Plus. Trata-se de uma posição intermediária entre o Gold e o Platinum e que vai reconhecer os clientes Gold que têm um perfil de voos superior ao da maioria de sua categoria e ainda assim, inferior para se qualificar como Platinum. Para se tornar um Gold Plus, que tem como correspondente à Ruby na aliança Oneworld, o cliente deve alcançar de 18 mil pontos qualificáveis, dos quais 14.400 têm de ser pontos qualificáveis voados pela companhia. A implementação da nova categoria está em linha com a estratégia do Grupo LATAM que em 2018, iniciou uma série de avanços da empresa que reforçam o posicionamento para o passageiro corporativo e aquele que viaja a lazer. A ação mais relevante é o processo de remodelagem de cabine que será realizado tanto nas aeronaves de longo alcance quanto aquelas que operam os voos domésticos, além da implementação dos Assentos LATAM+, o LATAM Play e o Wi-Fi a bordo. Entre os benefícios, clientes que estiverem nesta categoria têm uma série de facilidades no aeroporto em voos nacionais, como check-in e embarque prioritário, antecipação e postergação de voo com prazo de um dia, além de franquia de uma mala adicional e o desconto de 50% nos valores para a seleção de poltrona e assento LATAM+. O Gold Plus também permite que o viajante tenha dois cupons de upgrade de cabine cortesia por ano para as viagens internacionais. Em relação ao acúmulo em voos nacionais, o multiplicador da categoria é de cinco pontos e dessa forma, a quantidade de pontos Multiplus acumulado é o resultado do valor da passagem (descontados taxas, impostos e serviços adicionais) versus este índice. Em viagens internacionais e voos nacionais em outros países, o multiplicador da categoria é nove pontos por dólar gasto no bilhete (descontados taxas, impostos e serviços adicionais). Na prática, isso significa que o cliente acumula cinco pontos por real gasto, 100% mais que a categoria inicial, a LATAM. Em voos internacionais, os passageiros acumulam nove pontos por dólar gasto, 80% mais que a categoria LATAM. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn