Qantas adia o lançamento do projeto Sunrise para 2024

 

Antes que a pandemia de coronavírus atingisse a indústria aérea, a companhia aérea australiana Qantas tinha grandes planos para viagens de longa distância. Depois de lançar serviços diretos Londres-Perth com Boeing 787-9, ela queria fazer o mesmo para Sydney com o nome de ‘Projeto Sunrise’. Naturalmente, o COVID-19 interrompeu esses planos no ano passado. No entanto, o CEO Alan Joyce delineou prazos provisórios para a continuação do programa.

Projeto Sunrise é o codinome da Qantas para voos programados sem escalas entre a Austrália e vários mercados internacionais importantes anteriormente fora de alcance. Partindo de Melbourne e Sydney, esses longos voos atenderão diretamente Londres, Nova York e Paris.

Os voos sem escalas de 19 horas eliminarão a necessidade de escalas em cidades como Dubai e Cingapura, garantindo conexões diretas onde antes não eram possíveis. A Qantas decidiu utilizar aeronaves Airbus A350-1000 nessas longas pernas. Estava perto de fazer um pedido quando o COVID-19 a forçou a suspender seus planos enquanto suas operações internacionais eram suspensas.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn