Rússia e China planejam venda de aviões Sukhoi Superjet 100 na Ásia

Criação de companhia de leasing russo-chinesa permitirá a venda de 100 aeronaves para os países do sudeste asiático em três anos

A Corporação Unida para a Construção de Aviões (OAK, na sigla em russo) anunciou a conclusão de acordo para criação da uma companhia de leasing russa-chinesa que apoiará as vendas do modelo de avião Sukhoi Superjet 100 na China e em todos os países do sudeste asiático. A parceria conta ainda com o apoio da Comissão Intergovernamental Rússia-China. A nova empresa terá sua sede localizada no parque tecnológico russo-chinês na cidade de Xi´an (província de Shaanxi), considerada a capital da indústria de aviação da China. Em um prazo de três anos, a companhia russa-chinesa de leasing comprará 100 aviões SSJ100 da fabricante pelo valor total de US$ 3 bilhões. O negócio mais do que duplica a quantidade de aviões que atualmente são entregues aos clientes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn