Ryanair reduzirá voos em janeiro para lidar com a queda da demanda

 

A companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair informou que reduzirá sua programação de voos a partir do próximo dia 21 de janeiro, em resposta à queda na demanda causada pelas novas restrições.

As medidas decretadas esta semana no Reino Unido, Irlanda e num "número reduzido" de países europeus vão provocar uma queda acentuada no tráfego de passageiros em janeiro, fevereiro e março, o que obrigará reduzir a programação de voos.

A Ryanair espera transportar menos de 1,25 milhão de usuários em janeiro, enquanto esse número pode cair para 500.000 em fevereiro e março devido ao impacto dos bloqueios destinados a conter a terceira onda de coronavírus.

“Como resultado, a Ryanair irá reduzir significativamente sua programação de voos a partir de quinta-feira, 21 de janeiro, o que significa que menos ou até mesmo nenhum voo será operado de ou para a Irlanda ou Reino Unido.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn