Secretaria de Aviação Civil regulamenta tempo de fila da migração e da aduana nos aeroportos

Média trimestral da fila da migração não deve passar de 16 minutos e aduana de 8 minutos no máximo

Resolução publicada pela Secretaria de Aviação Civil define metas de tempo de espera para atendimento do controle migratório, realizado pela Polícia Federal e aduaneiro, da Receita Federal, nos aeroportos brasileiros. Pela norma, as filas de migração não devem mais ultrapassar 16 minutos de média trimestral; na aduana, o tempo médio deve ficar abaixo de 8 minutos. A regra valerá para os horários de pico dos terminais. A estimativa de tempo segue os parâmetros definidos pelo Airport Council Internacional (AIC) e seguidos em terminais ao redor do mundo. As metas foram definidas pelo governo federal e os órgãos responsáveis, que se comprometeram a buscar a melhoria do serviço. Com a medida, a secretaria também incentiva os aeroportos e os órgãos a inovarem métodos. O i-gate, portão eletrônico já utilizado em Guarulhos e visado por outros aeroportos concedidos à iniciativa privada, é um exemplo de modernização que acelera o procedimento de embarque dos passageiros. Mais informações no portal www.aviacao civil.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn