Spirit Airlines reiniciará a contratação de pilotos e comissários de bordo

 

A companhia aérea não comentou quantos funcionários planeja contratar este ano, mas o CEO da Spirit Airlines, Ted Christie, disse hoje (18/02): "Seremos novamente um ótimo empregador." O último grupo de pilotos que o Spirit enviou para treinamento foi em maio e os comissários de bordo em fevereiro. No entanto, no ano passado terminou com 8.756, dos quais 2.497 eram pilotos e 4.028 comissários de bordo. Ele também comentou que, além do pessoal de voo, a companhia aérea planeja contratar pessoal para outras funções neste ano.

A Spirit perdeu US$ 428,7 milhões em 2020, seu primeiro ano de prejuízo desde 2007. No entanto, a aérea espera que a distribuição de vacinas contra COVID-19 promova a recuperação do tráfego aéreo. A companhia estima recuperar o nível que tinha em 2019 até meados deste ano.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn