Swiss adota novo procedimento recomendado pela EASA

Dois membros da tripulação deverão estar sempre presentes na cabine

A companhia aérea Swiss anunciou a decisão de modificar o seu já extenso procedimento de segurança na cabine como uma medida de precaução. Em caso de ausência de um dos dois pilotos, em qualquer momento durante o voo, um outro membro da tripulação deve estar presente na cabine junto com o piloto remanescente. A nova medida, que entra em vigor imediatamente, foi adotada à luz dos mais recentes eventos e de uma recomendação de segurança da EASA (European Aviation Safety Agency). A empresa opera uma frota de 91 aeronaves, servindo 14 destinos e transportando cerca de 16 milhões de passageiros por ano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn