TAP alerta para teste obrigatório do COVID-19 em voos do Brasil para Portugal

Autoridades determinaram que só poderá ser aceito como negativo válido o teste molecular RT-PCR

As autoridades portuguesas determinaram que todos os passageiros dos voos provenientes do Brasil devem apresentar o teste molecular RT-PCR negativo em relação ao COVID-19, realizado nas 72 horas que antecedem o voo ou será recusado o embarque. A companhia aérea TAP alerta que a medida, em vigor desde o último dia 1° de agosto, determina que só poderá ser aceito como negativo válido o teste molecular RT-PCR. Não será possível aceitar para embarque passageiros que apresentem qualquer outro tipo de avaliação. A transportadora, para auxiliar seus passageiros a se adequarem a essa obrigatoriedade, fez uma parceria com os laboratórios Fleury em São Paulo e Clinica Felippe Mattoso no Rio de Janeiro. A parceria dá uma condição especial de 25% de desconto para os viajantes da empresa e entrega do resultado do exame em até 72 horas antes do embarque, como determina as autoridades. Em breve novas regiões podem ser contempladas com parcerias do tipo. Neste mês, a TAP retoma as operações para Belo Horizonte, Fortaleza e Recife, e em setembro volta a voar também para Brasília e Salvador. As operações para São Paulo e Rio de Janeiro também foram reforçadas e a operadora está repondo gradualmente a sua operação, tendo programado para agosto 36 voos semanais de ida e volta do Brasil para Portugal, num total de seis rotas. Em setembro, a companhia prevê realizar perto de 44 voos por semana, num total de oito rotas. Toda a informação sobre rotas e voos em operação e sobre as condições e promoções podem ser consultadas no site https://www.flytap.com.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn