TAP Portugal anuncia novas medidas para ajustar capacidade

Redução total da oferta atingirá 3.500 operações, equivalentes a 7% dos voos programados em março, 11% em abril e 19% em maio

A companhia aérea TAP Portugal continua acompanhando a evolução do surto de COVID-19 para tomar as medidas necessárias para minimizar o forte impacto econômico da situação. A empresa decidiu reduzir a capacidade para os próximos meses em cerca de 2.500 voos adicionais, um ajuste que se soma ao anunciado na semana passada de cerca de 1.000 operações, resultando assim numa redução total da oferta de 3.500 voos, equivalentes a 7% dos programados em março, 11% em abril e 19% em maio. Estas mudanças justificam-se pela redução siginificativa das reservas de viagens para os próximos meses. Os cancelamentos anunciados continuam a incidir especialmente na operação para cidades nas regiões mais afetadas, sobretudo Itália, mas contemplam também a redução de oferta em outros mercados europeus que mostram maiores quebras da procura, como Espanha ou França e incluem ainda alguns voos intercontinentais. Para garantir maior flexibilidade e tranquilidade aos seus passageiros, a transportadora está permitIndo a alteração de viagens sem pagamento das taxas em reservas feitas até final de março. A isenção está disponível para voos operados pela TAP em todas as rotas, datas e tarifas (exceto tarifa discount), desde que o bilhete tenha sido comprado durante este mês. O pedido de alteração da viagem apenas tem de ser feito com no mínimo, 21 dias antes da partida. Todas as condições ser consultadas em https://www.flytap.com/pt-pt/reserve-com-confianca. Foto: Renato Oliveira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn