TAP Portugal esclarece planejamento das rotas

Companhia afirma que o reinício é efetuado de acordo com as contingências da evolução da pandemia, oportunidades de procura detectadas e rentabilidade das rotas

O planejamento da malha da companhia aérea TAP Portugal e retomada da sua operação é efetuada de acordo com as contingências da evolução da pandemia, oportunidades de procura detectadas e rentabilidade das rotas, tendo em vista a sustentabilidade da empresa no âmbito do processo de reestruturação em curso. Para o período entre outubro e março 2021, a transportadora anunciou apenas duas novas rotas regulares partindo de Lisboa para Maceió e outra com decolagem do Porto para a Ilha do Sal. Na construção da rede para o próximo verão europeu, a TAP já identificou algumas oportunidades de mercado, que permitem otimizar a malha e rentabilizar os recursos da companhia com seis rotas sazonais, que irão operar apenas no período. A empresa afirma que ainda não anunciou o total da sua operação para o verão 2021, vindo a repor gradualmente a sua operação, mas a recuperação é lenta tal como as projeções da IATA apontam. Para o próximo ano, a previsão mais pessimista da associação indica uma atividade inferior em até 60% face à do ano de 2019. Dessa forma, a companhia acompanha a evolução dinâmica da pandemia e seus impactos operacionais e a lista de rotas e voos disponíveis no sistema de reservas será ajustada sempre que as circunstâncias o exijam.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn