TAP Portugal retira de operação o modelo Airbus A340-300

Companhia implementa importante ciclo de renovação da frota

A companhia aérea TAP Portugal concluiu nesta semana uma parte do ciclo na renovação da sua frota do longo curso. Depois de 25 anos voando para os cinco continentes, a empresa retirou de operação um dos aviões mais imponentes da sua história. A despedida do último dos quatro jatos Airbus A340-300 foi realizada numa cerimônia interna, que contou com a presença de centenas de trabalhadores, que fizeram a história deste avião na transportadora. No início dos anos 90, o modelo era considerado um dos mais sofisticados e modernos e representava uma nova forma de viajar. Destacavam-se as poltronas da classe executiva, que faziam com que o passageiro se sentisse em casa, o bar com serviço exclusivo e o entretenimento individual que permitia a escolha de vários canais de vídeo e de áudio, uma grande inovação para a época. As quatro unidades da TAP transportaram mais de 12 milhões de viajantes para mais de 55 destinos e realizaram mais de 63 mil voos com elevados padrões de desempenho. Agora, os voos de longa distância da TAP são operados pelos aviões A330-900 e o A321LR. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn