Tetos tarifários do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante são reduzidos

Valor da tarifa de embarque doméstico cai de R$ 21,49 para R$ 20,29

Os tetos das tarifas aeroportuárias e de uso de comunicações e dos auxílios rádio e visuais em área de terminal do Aeroporto de São Gonçalo de Amarante, no Rio Grande do Norte, foram reduzidos em 5,54%, conforme fórmula estabelecida para o segundo reajuste constante no Contrato de Concessão. Os novos tetos tarifários deverão ser observados pela concessionária trinta dias após a publicação no Diário Oficial da União. Com a alteração dos valores, a tarifa máxima de embarque doméstico paga pelos passageiros no terminal vai passar de R$ 21,49 para R$ 20,29, já considerando a incidência do percentual de 35,9% relativo ao Adicional de Tarifa Aeroportuária (ATAERO), criado pela Lei nº. 7.920/89, destinado ao Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC). Já a tarifa máxima de embarque internacional diminui de R$ 80,42 para R$ 78,31, valor esse que inclui, além do ATAERO, o Adicional do FNAC de US$ 18,00, criado pela Lei nº. 9.825/99, que atualmente corresponde a R$ 42,38, conforme estabelecido pela Portaria ANAC n° 62/SRE/2015. Mais informações no portal www.anac.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn