Thai Airways deve aposentar todos os A380, A330 e 747

 

A Thai Airways começou a revelar a forma de sua futura frota widebody. A companhia aérea não trará de volta nenhum de seus 747, A380 ou A330-300. Com os 777-200 à venda, a companhia aérea operará apenas os A350, 787 e 777-300ER para seus serviços futuros.

Os primeiros a sair serão os Boeing 747. Antes da COVID, a THAI operava nove Boeing 747-400s, e todos foram colocados em armazenamento. O plano de aposentadoria original era de que essas aeronaves deixassem a frota em 2024. Agora, parece que nenhum desses aviões vai voltar ao serviço.

Muitas outras companhias aéreas já retiraram o quadjato ao longo dos últimos 12 meses. O que é um pouco mais surpreendente, no entanto, é que os relatórios sugerem que nem os A380s nem os A330s voltarão ao serviço.

Antes da COVID, a THAI tinha uma frota de 15 Airbus A330-300. Com uma idade média de 10,2 anos, alguns deles eram aeronaves muito jovens, mas há quase um ano, todos estão estacionados e agora não parece que eles vão voltar. Pelo menos três já estão armazenados em Bordeaux.

A THAI tinha seis A380 têm idades entre 7,6 e 8,9 anos, portanto são aviões muito novos. No momento, todos permanecem na Tailândia. Dois estão listados para venda.

Para suas futuras necessidades, parece que a THAI vai contar com seus 787 Dreamliners e Airbus A350s. Seus 777-200s estão destinados a sair da frota, mas ainda há esperança para o 777-300ER. 14 permanecem na frota da THAI e dois ainda não foram entregues, provavelmente no final deste ano.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn