Transporte aéreo fecha 2015 com índices positivos

Mesmo com desaceleração do setor, demanda por voos cresceu

A Agência Nacional de Aviação Civil anunciou que a demanda por transporte aéreo doméstico acumulou alta de 1,1% em 2015, quando comparado ao ano anterior. Entretanto, em dezembro, o índice registrou a quinta redução consecutiva fixado em 4,5% quando comparado ao mesmo período de 2014. Já a oferta doméstica acumulou alta de 1,0% em 2015. No mês de dezembro o índice registrou redução de 3,3%. Os baixos números dos últimos cinco meses equilibraram a variação dos dados de demanda e oferta que registravam crescimento nos primeiros meses do ano. Os resultados apontam uma estagnação do mercado aéreo. No período de janeiro a dezembro de 2015, a quantidade de passageiros pagos transportados acumulou no mercado doméstico, crescimento de 0,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. Foram 96,1 milhões de passageiros no ano. Os viajantes gratuitos somaram 1,8 milhão. Ao todo, o número de passageiros transportados pagos e grátis somam 97,9 milhões. A Gol foi responsável pelo transporte de 35,0 milhões de passageiros pagos, a TAM transportou um total de 31,4 milhões e a Azul figurou como terceira empresa com 20,2 milhões. No período de janeiro a dezembro de 2015, o aproveitamento de aeronaves no doméstico operado por empresas brasileiras foi de 79,8%, frente a 79,7% do mesmo período de 2014, mantendo-se praticamente constante a taxa. Em dezembro de 2015 foi da ordem de 79,8%, que representou queda de 1,2% em relação ao mesmo mês de 2014. Entre janeiro e dezembro de 2015, a carga paga doméstica transportada acumulou redução de 6,8% em relação ao mesmo período de 2014, tendo atingido 382,5 mil toneladas. Mais informações no portal www.anac.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn