Uganda Airlines receberá seu segundo Airbus A330-800neo na próxima semana. Um problema coma internet no país adiou a entrega do raramente visto A330-800neo para o dia 2 de fevereiro.

A aérea africana fez um pedido de dois A330-800neo em 2019 como parte de seus ambiciosos planos de expansão para além do continente. A companhia recebeu o primeiro avião em dezembro.

Quando o novo A330-800neo chegar, a Uganda Airlines terá uma frota de seis aeronaves – dois A330 e quatro CRJ-900. O A330 está em uma configuração de três classes – executiva, econômica premium e econômica – com 20, 28 e 210 assentos, respectivamente. O interior da cabine já impressionou o público e inclui assentos executivos e nova iluminação ambiente.

Uganda Airlines anunciou planos para uma investida ousada no mercado de longa distância, com destinos como Londres, Guangzhou e Dubai, além de novas rotas no continente, incluindo África do Sul, Nigéria e Zimbábue em obras.

Por várias razões, o A330-800neo não foi pego em massa pelas companhias aéreas. Houve apenas 14 pedidos, e o avião não recebeu nenhum pedido nos primeiros quatro anos. A maioria das companhias aéreas investiu no A330-900neo – para mais passageiros. Em comparação com os três -800neo em serviço hoje, existem mais de 50 -900neo operados pelas principais operadoras, incluindo Delta e TAP.

Apenas duas companhias aéreas – Kuwait Airways e Uganda Airlines – operam atualmente o A330-800neo.

Foto: Airbus