Após mais de 20 meses de paralização, os Boeing 737MAX da United Airlines deverão voltar a voar em fevereiro, desde Denver e Houston, anunciou a companhia norte-americana.

“Ainda há trabalho a ser feito nos aviões antes que possam voltar ao serviço”, declarou um porta-voz da companhia. “Seremos totalmente transparentes com os clientes e faremos uma nova reserva ou reembolsaremos os clientes que não quiserem viajar no avião”, declarou, e terminou dizendo que “nada é mais importante para a United do que a segurança de nossos clientes e funcionários".

Foto: Boeing