Viracopos se prepara para ser um dos maiores da América Latina

Investimentos no aeroporto visam ampliar a capacidade para 80 milhões de passageiros/ano ao final do contrato de concessão

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, empresa que administra o terminal desde 2012, trabalha com planos ambiciosos durante o contrato de concessão, que tem validade de 30 anos. Com investimento previsto de R$ 9,5 bilhões ao longo do período, Viracopos se prepara para chegar ao final do contrato recebendo mais de 80 milhões de passageiros/ano e se transformar em um dos maiores e mais modernos aeroportos da América Latina. O crescimento já pode ser percebido agora. O novo terminal de passageiros começou a operar voos comerciais regulares para o exterior, no dia 29 de novembro do ano passado. Em pouquíssimo tempo, a operação para o exterior passou de três voos semanais para os 38 atuais. A expansão foi concebida a partir do conceito de “aeroporto cidade” e prevê hotéis, shopping center e centro de convenções. No primeiro ciclo de investimentos, atualmente em curso, a gestora do terminal investiu R$ 3 bilhões na construção de um novo terminal de passageiros com capacidade para 25 milhões de passageiros/ano, 28 pontes de embarque, três novos pátios de aeronaves (área total de 400 mil m²), sete novas posições remotas de estacionamento de aeronaves (com 72 posições de aviões), um edifício-garagem com 4 mil vagas e a duplicação da nova via de acesso ao aeroporto. Ao mesmo tempo, a concessionária investiu R$ 80 milhões na revitalização do atual terminal de passageiros, para garantir mais conforto, segurança e comodidade às pessoas que circulam diariamente pelo terminal. Entre as ações feitas estão a ampliação das áreas de embarque em 142%; o incremento na oferta de sanitários a partir da construção de novos banheiros e da reforma e modernização dos já existentes; e oferta de wi-fi gratuito e ilimitado. No início de 2014, a gestora do terminal contratou uma empresa para desenvolver e instalar o novo Sistema de Gestão do Terminal de Viracopos. O projeto será customizado para as necessidades do aeroporto. Com investimento de R$ 9 milhões, o contrato prevê a implementação do WMS (Warehouse Management System), do novo sistema de Controle Alfandegário e do Sistema de Billing (tarifação e faturamento), funcionando de forma totalmente integrada. Os novos sistemas devem entrar em operação em 14 meses. A cobertura da área de Recebimento da Importação do Terminal de Cargas (Teca) também passou por melhorias e foi ampliado. Foram instalados 8 mil m² de telhado, garantindo mais espaço para armazenamento e conferência de carga não perecível. O Teca passou a ser 100% coberto. A área de importação, por meio de remoção das salas internas, ganhou 1.200m² para liberação de cargas. A ampliação da cobertura possibilitou aumento de 8.000m² de área coberta para as operações de importação. Hoje, Viracopos já é o maior terminal de carga de importação da América Latina. Mais informações no portal www.aviacaocivil.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn