Virgin Atlantic anuncia novas ações para enfrentar a pandemia do COVID-19

Alterações representarão uma redução de aproximadamente 80% nos voos diários até o dia 26 de março

Devido ao aumento da crise do COCID-19, a companhia aérea Virgin Atlantic anunciou que reduzirá seu cronograma, priorizando rotas principais com base na demanda dos passageiros. Essas alterações representarão uma redução de aproximadamente 80% nos voos diários até o dia 26 de março. Como consequência, serão matidos em solo aproximadamente 75% da frota no período e a partir de abril, dependendo da evolução da pandemia poderá aumentar para 85%. Devido as restrições para viagens internacionais, a transportadora está reduzindo serviços para se concentrar nas rotas principais. A operadora já havia anunciado anteriormente o adiamento da rota ao Brasil para outubro e a linha entre Londres/Heathrow e Newark será encerrada permanentemente com efeito imediato. Como resultado dessa ação, a empresa precisará reduzir ainda mais sua base de custos. Os funcionários deverão tirar oito semanas de férias não remuneradas nos próximos três meses, para evitar a perda de empregos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn