Viva Aerobus divulga resultados operacionais

 

O Grupo mexicano Viva Aerobus apresentou resultados operacionais  no 4T20, que refletem uma tendência de recuperação iniciada no terceiro trimestre.

No quarto trimestre de 2020, a Viva manteve a liderança na reativação do setor ao se tornar a primeira companhia aérea do continente americano a retomar 100% de sua capacidade operacional, conquista alcançada em novembro. Posteriormente, tornou-se a primeira companhia aérea mexicana a aumentar sua capacidade operacional, aumentando sua oferta (assentos por quilômetro disponível) em 11% em dezembro de 2020 em relação ao mesmo mês de 2019. Assim, a Viva encerrou o ano com uma oferta de 131 rotas (103 nacionais e 28 internacionais), 12 rotas a mais que no final de 2019.

Com base neste aumento operacional e de passageiros, a receita operacional do trimestre teve um aumento de 76,8% em relação ao terceiro trimestre de 2020. Viva Aerobus registrou mais de 8,1 milhões de passageiros no ano, uma redução de 32,4% em relação a 2019.

“Diante deste ambiente de constantes mudanças à medida que a pandemia evolui, toda a equipe da Viva Aerobus respondeu com rapidez, prudência e determinação, profissionalismo que se reflete nos resultados firmes dada a magnitude do desafio: liquidez, um EBITDAR positivo por segundo trimestre consecutivo e operação estável. Olhamos para o futuro com renovada esperança e otimismo, confiantes de que sairemos fortalecidos desta situação para continuar consolidando nossa liderança no setor aéreo mexicano”, afirmou Juan Carlos Zuazua, CEO do Grupo Viva Aerobus.

Foto: Airbus

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn