Voo da Delta entre São Paulo para Atlanta será o primeiro a pousar nos Estados Unidos com o fim das restrições

Conforme os Estados Unidos reabrem para os viajantes internacionais vacinados, a Delta Air Lines voltará a reunir famílias e amigos que estiveram separados nos últimos 20 meses. Nas seis semanas desde que a reabertura dos Estados Unidos foi anunciada, a Delta viu um aumento de 450% nas reservas em pontos de venda internacionais em comparação com as seis semanas anteriores ao anúncio. Espera-se que muitos voos internacionais operem com 100% de sua capacidade na segunda-feira, 08 de novembro, com altas taxas de ocupação nas semanas seguintes.

A reabertura impacta positivamente 33 países em todo o mundo, com a Delta atendendo 10 deles com voos diretos e os demais por meio de seushubs globais em conexão com seus parceiros, incluindo Air France, KLM e Virgin Atlantic. A forte demanda se reflete em viajantes de lazer e negócios para destinos populares como Nova York, Atlanta, Los Angeles, Boston e Orlando. No total, a companhia operará 139 voos a partir de 55 destinos internacionais em 38 países, que aterrissam nos Estados Unidos em 08 de novembro oferecendo mais de 25 mil assentos.

O voo DL106, de São Paulo para Atlanta, será o primeiro voo internacional da Delta a pousar nos Estados Unidos sob as novas regras na segunda-feira, dia 08, às 09h35, com dezenas de outros logo atrás.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn