Aerovale retoma obras emergenciais do aeroporto privado

Construtora firmou um acordo judicial preliminar com o Ministério Público do Estado de São Paulo

A Penido Construtora firmou um acordo judicial preliminar com o Ministério Público do Estado de São Paulo e vai retomar as obras emergenciais do aeroporto privado de Caçapava, no Vale do Paraíba. O acordo se refere a um processo judicial ambiental que havia levado ao embargo das obras em março deste ano. As licenças ambientais emitidas pela Cetesb estão sendo questionadas pela Justiça, em um processo que envolve, além da própria Cetesb, o Aerovale e a Construtora Penido, responsável pelo empreendimento. O aeroporto começou a ser projetado há 10 anos e hoje é fruto de um investimento de 250 milhões de reais. O aeródromo já foi aprovado pela Agência Nacional de Aviação Civil e poderá operar voos executivos. Mais informações no portal www.aerovale.com.br

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn