Aumenta a procura por serviço de gerenciamento de aeronaves

 

Com o aquecimento da aviação executiva na pandemia, vem crescendo também a demanda por serviços como o gerenciamento de aeronaves. O proprietário opta por entregar a aeronave para que um time especializado cuide de toda a operação, custos e manutenção. Além de tranquilidade, o gerenciamento também representa economia de custos, com redução das despesas com combustível, seguro, hangaragem e taxas aeroportuárias, e menor tempo de aeronave indisponível com paradas para manutenção.

“Com o gerenciamento profissionalizado, conseguimos cuidar de tudo e deixar o cliente preocupado apenas com o próprio negócio”, disse Gustavo Ricci, diretor da Tropic Air Aviation. A empresa tem hoje aeronaves nos aeroportos de Congonhas, Jundiaí, Catarina e no Campo de Marte. 

A Tropic Air Aviation, que conta com sete aeronaves, incluindo modelos como King Air 350, Phenom 100, Learjet 40, Challenger 605 e G550, tem 15 anos de história, mas há três anos passou por uma reestruturação, incluindo mudança no quadro de sócios e investimentos na frota.

Foto: Gulfstream

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn