Bombardier entrega o 50º Global 7500

 

A Bombardier entregou o 50º Global 7500, marcando um amadurecimento na produção do bijato de alcance ultralongo que é a pedra angular para o futuro da empresa. Anunciada hoje, a entrega do marco ocorre um pouco mais de dois anos depois que a aeronave entrou em serviço no final de 2018 e segue um ano em que a Bombardier entregou 35 unidades do modelo, incluindo 16 apenas no quarto trimestre.

O presidente e CEO da Bombardier, Éric Martel, chamou o Global 7500 de “carro-chefe da indústria e um impulsionador fundamental de nossa estratégia de crescimento”. Ele acrescentou: “O calibre de mão de obra e tecnologia encontrados em cada aeronave continua a impulsionar a forte demanda do mercado e o reconhecimento de toda a indústria.

A Bombardier disse que o interesse mundial e a atividade do mercado permaneceram fortes para a aeronave de 14.260 km. A frota em serviço atingiu uma taxa de confiabilidade de despacho de 99,7% e marcou vários recordes de velocidade e distância, incluindo o mais longo par de cidades pilotado por uma aeronave executiva especialmente construída, ligando Sydney, Austrália e Detroit.

Os executivos esperam que os custos de produção caiam 20% em relação às próximas 50 aeronaves. “Já alcançamos uma redução de 40 por cento” nas primeiras 50 aeronaves, a maior parte derivada dos custos de mão de obra envolvidos com a curva de aprendizado da construção, disse Martel. “O programa continua amadurecendo conforme planejado. Muitas das dores iniciais típicas de crescimento e riscos de crescimento foram deixados para atrás.”

Foto: Divulgação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn