Empresas de ground handling querem expandir no segmento de aviação executiva

Com crescimento de 6% em média ao ano, segmento já é um nicho atraente para as empresas

De olho no crescimento da aviação executiva no Brasil, as empresas auxiliares do transporte aéreo querem expandir a atuação neste nicho. O país já é hoje dono da segunda maior frota de aeronaves executivas do mundo, que não para de crescer e necessita de atendimento na pista, catering, atendimento nas salas VIP e outros serviços como suporte em terra para as aeronaves e passageiros em trânsito De maneira geral, mesmo em um ano com expectativas de crescimento econômico baixas, o segmento de ground handling projeta uma expansão de 3,4% nos negócios em 2015. Em termos de geração de emprego, devem ser criados 1.400 novos postos de trabalho e um aumento de 4,6% nos empregos diretos. Mais informações no portalem www.abesata.org.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn